Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

desafioecologico

“Quando o último rio secar, a última árvore for cortada e o último peixe pescado, eles vão entender que o dinheiro não se come”. Chefe Índio - Seattle - 1855

desafioecologico

“Quando o último rio secar, a última árvore for cortada e o último peixe pescado, eles vão entender que o dinheiro não se come”. Chefe Índio - Seattle - 1855

"A renda do dinheiro como medida do sucesso na vida tem o inconveniente de que o seu conhecimento raramente é de domínio público. Portanto, para desfrutar não apenas sua alta renda, mas também da estima que ela pode garantir, é preciso torná-la conhecida através de um comportamento apropriado de gastos. Parte disto consiste em comprar o que os ricos compram. (SCITOVSKY, 1992)  - e parte disto significa ser escravo da imagem que pretendemos projectar nos outros, mesmo que não seja (...)
A institucionalização forçada das crianças leva-nos a questionar a forma como protegemos e ajudamos as crianças, os jovens e as famílias? Praticamente todas as crianças são, desde tenra idade, institucionalizadas, cinco dias por semana, muitas vezes, oito ou dez horas por dia. As crianças passam mais tempo na escola do que em casa, com os pais e os irmãos. A família levanta-se por volta das 7 horas da manhã e começa então a correria para saírem de casa a tempo e horas, sem (...)
“O que é mais importante para ti? Os outros, o que pensam, o que fariam, ou és tu e o que te faz feliz? Qual é o preço que estás disposto a pagar para cuidares de ti?”. Banhos de floresta: despertar os sentidos e desacelerar Antes de começar a sessão de banhos de floresta, é preciso compreender que  esta não é uma caminhada pela natureza, como muitos podem confundir. Aqui o objetivo é “explorar os sentidos e desacelerar” através de uma série de convites feitos pela (...)
07 Jan, 2024

Banhos de floresta

Banhos de floresta é uma prática de origem japonesa que desafia o ser humano a conectar-se com a natureza, numa época em que o wi-fi parece ser o estilo preferido de conexão.   Passear pela floresta, ouvir o chilrear dos pássaros ou dar um mergulho no mar são atividades que trazem uma sensação de bem-estar a muitos de nós e isto tem que ver com a relação que temos com a natureza e com os benefícios da mesma na nossa saúde. Está provado cientificamente que estar em contacto (...)
“Quando o último rio secar, a última árvore for cortada e o último peixe pescado, eles vão entender que o dinheiro não se come”. Em 1855, o cacique Seattle, da tribo Suquamish, do Estado de Washington, enviou esta carta ao presidente dos Estados Unidos (Francis Pierce), depois de o Governo haver dado a entender que pretendia comprar o território ocupado por aqueles índios. Faz mais de um século e meio. Mas o desabafo do cacique tem uma incrível atualidade. A carta: Talvez (...)
“Quando o último rio secar, a última árvore for cortada e o último peixe pescado, eles vão entender que o dinheiro não se come”. Em 1855, o cacique Seattle, da tribo Suquamish, do Estado de Washington, enviou esta carta ao presidente dos Estados Unidos (Francis Pierce), depois de o Governo haver dado a entender que pretendia comprar o território ocupado por aqueles índios. Faz mais de um século e meio. Mas o desabafo do cacique tem uma incrível atualidade. A carta: Se eu me (...)
“Quando o último rio secar, a última árvore for cortada e o último peixe pescado, eles vão entender que dinheiro não se come”. Em 1855, o cacique Seattle, da tribo Suquamish, do Estado de Washington, enviou esta carta ao presidente dos Estados Unidos (Francis Pierce), depois de o Governo haver dado a entender que pretendia comprar o território ocupado por aqueles índios. Faz mais de um século e meio. Mas o desabafo do cacique tem uma incrível atualidade. A carta: Sabemos (...)
“Quando o último rio secar, a última árvore for cortada e o último peixe pescado, eles vão entender que o dinheiro não se come”. Em 1855, o cacique Seattle, da tribo Suquamish, do Estado de Washington, enviou esta carta ao presidente dos Estados Unidos (Francis Pierce), depois de o Governo haver dado a entender que pretendia comprar o território ocupado por aqueles índios. Faz mais de um século e meio. Mas o desabafo do cacique tem uma incrível atualidade. A carta: "O (...)
24 Out, 2023

A Graça da Vida

Vivemos agarrados à superficialidade do consumismo e aos motores do crescimento económico míope. Quando deixamos de sentir que somos turistas no mundo natural é-nos revelado o sentido do todo. E essa é a resposta à questão de como fomos ou por quem colocados aqui. Contudo continuamos perguntar se fomos criados pela criatividade de cosmos, se fomos modelados por algum Deus ou se nascemos do corpo da Mãe Terra. A verdade é que estamos inextrincavelmente ligados a nível molecular (...)
«Ter consideração significa prestar atenção de uma determinada forma: intencionalmente, no momento presente e sem juízos de valor. Este tipo de consideração alimenta uma maior consciencialização, clareza e compreensão da realidade do momento actual. Alerta-nos para o facto das nossas vidas se revelarem apenas em instantes. Se não estivermos totalmente atentos a esses momentos, corremos o risco não só de perder aquilo que nos é precioso, mas também de não nos apercebermos (...)