Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

desafioecologico

“Quando o último rio secar, a última árvore for cortada e o último peixe pescado, eles vão entender que o dinheiro não se come”. Chefe Índio - Seattle - 1855

desafioecologico

“Quando o último rio secar, a última árvore for cortada e o último peixe pescado, eles vão entender que o dinheiro não se come”. Chefe Índio - Seattle - 1855

08-06-2014 016.jpg

A sociedade humana tem evoluído ao longo dos tempos, paradoxalmente chegou agora a uma curva que pode ser descendente, ou seja, se não respeitar a natureza, podemos caminhar para a nossa própria destruição. É preciso, por isso, criar uma nova sociedade, onde não deva apenas imperar o crescimento económico, mas sim, o crescimento do bem-estar. Para que isso aconteça, temos que melhorar a nossa relação com o ambiente, incrementar o acesso à cultura, à saúde e ao tempo de vida saudável. O crescimento económico melhorou as nossas condições de vida, mas também se transformou numa fábrica de lixos e de poluição. No futuro, já, temos que conjugar crescimento com ecologia, e colocar nos pratos da balança prós e contras de um crescimento sem regras. A nova civilização deve pois centrar-se no crescimento humano, no PIB da felicidade, e não numa civilização de objectos de consumo.

5 comentários

Comentar post